Em todos os núcleos de concentração de japoneses no Brasil foram sendo organizadas associações, com o objetivo de promover a cooperação e a confraternização entre os associados e a educação dos filhos. Eram as associações dos moradores, dos jovens e das senhoras.

Em Jacareí, os imigrantes constituíram uma associação, a partir de 1934, sob a denominação de Nihonjinkai e com o objetivo de integrar as famílias japonesas e seus descendentes através de eventos e confraternizações.

Em 1951, a associação inaugurou a sua sede na estrada do bairro Parque Meia Lua, cujo terreno foi doado pela família Nomoto.

A partir de 1968, passou a denominar-se Associação Cultural e Desportiva Nipo-Brasileira de Jacareí.

Diversas atividades marcaram e ainda marcam a existência da Associação dentro da comunidade japonesa, entre elas o undoukai, a escola japonesa, o cinema ambulante, o sumo, o beisebol, o teatro, a música popular e as comemorações de cinqüenta anos da imigração japonesa no Brasil e dos quarenta anos em Jacareí.